Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodrigues Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Estudos   Efemérides   Mensagens   Reflexões Espíritas   BELE  Loja Virtual  Contato 
 
Estudos Imprimir voltar
O Evangelho Segundo o Espiritismo  |  Coletânea de Preces Espíritas   |  Capítulo XXVIII   |  12/05/2022
POR UM SUICIDA

252- O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO-ALLAN KARDEC

CAPÍTULO XXVIII:  COLETÂNEA DE PRECES ESPÍRITAS

ITENS 71 E 72:  POR UM SUICIDA

 

Segundo o Espiritismo, “o homem não tem jamais o direito de dispor da sua própria vida, pois só a Deus compete tirá-lo do cativeiro terreno, quando o julgar oportuno.”

O suicida pensa ser a sua morte a única solução para seus sofrimentos ou problemas. Não raciocina que a morte do corpo físico libera o ser espiritual para o plano invisível aos olhos materiais, da própria Terra. Pensa ser a morte a única porta de saída para sua vida infeliz.

Em realidade, passa por uma porta de entrada ao plano espiritual da Terra, levando consigo, tudo que lhe pertence, como ser espiritual imortal: sua inteligência, seus conhecimentos, seus sentimentos e suas dificuldades do viver, porque continua exercitando a vida, onde estiver, com todos os seus sofrimentos agravados pelo seu ato de suicido.

Sofre no plano espiritual, por sentir-se vivo, julgando que fracassou no seu intento de morrer, e continua sofrendo, mesmo quando já possui a consciência da sua imortalidade, por sentir a inutilidade do seu gesto. Sofre, também, pelas lesões causadas por sua ação ao corpo físico, que são refletidas no perispírito, e pelos sofrimentos causados aos familiares amigos, que ficam se perguntando onde falharam.

Evidentemente, que a Justiça Divina, sendo também misericordiosa, dá a cada um, conforme seu merecimento. Assim, os efeitos do suicídio variam conforme as circunstâncias, mas as lesões causadas no perispírito vão levar, quase sempre algumas reencarnações para serem reconstituídas.

“O suicida assemelha-se ao prisioneiro que escapa da prisão antes de cumprir a sua pena, e que ao ser preso de novo, será tratado com mais severidade.”

Orar pelos suicidas é um ato de caridade para todos os que sabem das consequências desse desencarne, porque as vibrações de amizade, de amor, de carinho, suavizam os sofrimentos, estimulando a resignação, a compreensão do sofredor, tornando-o receptivo ao auxílio dos amigos espirituais.

Divulgar os princípios espíritas, através da palavra e do exemplo, é contribuir para a eliminação de suicidas, porque esses princípios mostram a inutilidade dessa ação como solução de dores e dificuldades, o acréscimo de sofrimentos advindos, e ainda, o atraso que esse desencarne provoca no seu aperfeiçoamento espiritual, pelo tempo a ser usado para reparar um ato que poderia haver sido evitado, se houvesse a confiança em Deus e nas Suas leis.

A prece publicada por Allan Kardec é uma súplica a Deus, aos bons Espíritos, e ao próprio suicida, expressando sentimentos amorosos em relação ao necessitado.

Destacamos duas frases dirigidas aos Bons Espíritos, e duas ao próprio suicida: “...inspirai-lhe o remorso pela falta cometida e que a vossa assistência lhe dê a força de enfrentar com mais resignação as novas provas que terá de sofrer, para repará-la. Afastai dele os maus Espíritos, que poderiam levá-lo novamente ao mal, prolongando os seus sofrimentos, ao fazê-lo perder o fruto das novas experiências.”

“E a ti, cuja desgraça provoca as nossas preces, que possa a nossa comiseração adoçar a tua amargura, fazendo nascer em teu coração a esperança de um futuro melhor! Esse futuro está nas tuas próprias mãos: confia na bondade de Deus, que espera sempre por todos os que se arrependem, e só é severo para os de coração empedernido.”

 

Leda de Almeida Rezende Ebner – Maio/2022

 

O CENTRO ESPÍRITA BATUIRA esclarece que permanece divulgando os estudos elaborados pela Sra Leda de Almeida Rezende Ebner, após o seu desencarne, com a devida AUTORIZAÇÃO da família e por ter recebido a DOAÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS, conforme registros em livros de Atas das reuniões de diretoria deste Centro.

 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
BATUIRA RIBEIRAO PRETO LGDP
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Untitled Document
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2022 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett