Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
O Evangelho Segundo o Espiritismo  |  Servir a Deus e a Mamom   |  Capitulo XVI   |  01/01/2014
A VERDADEIRA PROPRIEDADE - PARTE I
“O homem não possui seu, senão aquilo que pode levar deste mundo” é uma verdade tão óbvia, tão simples e tão difícil de ser entendida na Terra.

             Durante sua existência, o homem possui os bens terrenos, mas, ao partir, com a morte do corpo físico, o ser espiritual nada leva a não ser o que faz parte desse ser: sua inteligência, seus conhecimentos, emoções, sentimentos, suas qualificações...

             Tem, pois, apenas o usufruto dos bens materiais, quase sempre muito mais disputados e cuidados do que os que levam consigo, que são seus de fato, que ninguém pode lhe tirar, que nada pode destruir, nem a traça, nem a ferrugem.

             Aquele que consegue ter essa idéia dentro de si, sente-se também estimulado ao trabalho, pelo seu valor próprio, sentindo-se feliz ao fazê-lo; também almeja o progresso, o conforto, para si, para seus familiares, sem descurar dos valores espirituais; satisfaz-se com o necessário e, se tem mais ou muito, sabe usá-lo na satisfação das necessidades dos outros.

             Não ambiciona bens que o prendam aos valores terrenos, não tem inveja de quem tem mais, não tem ciúmes do que tem, porque sabe que seus são apenas suas qualificações intelectuais e morais; sente-se livre para viver na Terra sem prender-se aos seus valores, mantendo-se, portanto, mais tranqüilo, para aproveitar muito mais os prazeres e a beleza da vida, que o levam a superar-se a si mesmo no processo de evolução que todos vivem.

             Assim, busca sempre ampliar seus bens espirituais, substituindo os sentimentos negativos pelos positivos, com equilíbrio e tranqüilidade, porque sabe que o processo de autoeducação é lento, mas pode ser feito sem pressa, sem atropelos, pala vivência no bem, pelo bem e para o bem.

             Esforça-se, assim, por viver da melhor maneira possível, sem fazer mal aos outros, fazendo o bem que puder e a quem necessitar, porque quer sair dessa vida mais rico do que nela entrou, aumentando e melhorando seus bens espirituais.

             Não se preocupa com a morte, porque sabe que onde estiver, será sempre ele mesmo, crescendo e desenvolvendo-se. Os entes queridos que deixará continuarão a amá-lo assim como ele o fará, mantendo pois, a ligação espiritual, para a qual não há barreiras . Encontrará os que o antecederam , em felizes reencontros.

             O autor faz uma comparação do viver na Terra a um homem que parte para um país longínquo, levando na sua bagagem apenas o que lhe será útil, afirmando que assim deve proceder o homem, preparando sua bagagem, no viver, para a partida, na morte, apenas com coisas que lhe serão úteis no além- túmulo.

             No plano espiritual, encontra um lugar melhor o que leva melhores bens, assim como fica em melhores hotéis e melhores alojamentos, o que tem dinheiro para pagar.

             Nesse plano, não interessam ouro, inteligência, títulos e diplomas, posição social, cargos de poder, mas apenas as virtudes conquistadas no bom uso de tudo que a Terra oferece aos homens. O que se faz com o que se tem , durante a existência, que benefícios proporcionou a si e aos outros, é o que conta.

             Assim, a verdadeira propriedade do homem, Espírito imortal, encarnado na Terra para desenvolver seu potencial, são todas as conquistas interiores que resultam das diversas experiências que vive, durante cada existência, que tem como finalidade o progresso possível, medido em comparação com o que já tinha, ao nela renascer.

             * - No estudo nº 152, há alguns dados da vida do autor da mensagem, Pascal.

Leda de Almeida Rezende Ebner
Janeiro / 2014
 
Bibliografia:
KARDEC, Allan - “O Evangelho Segundo o Espiritismo” 

 O CENTRO ESPÍRITA BATUIRA esclarece que permanece divulgando os estudos elaborados pela Sra Leda de Almeida Rezende Ebner após o seu desencarne, com a devida AUTORIZAÇÃO da família e por ter recebido a DOAÇÃO DE DIREITOS AUTORIAIS, conforme registros em livros de Atas das reuniões de diretoria deste centro.
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett