Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
O Evangelho Segundo o Espiritismo  |  Amar o Proximo como a Si mesmo   |  Capitulo XII   |  01/07/2010
A VINGANÇA
Jules Olivier assina essa mensagem sobre “um dos últimos resíduos dos costumes bárbaros, que tendem a desaparecer dentre os homens”, que é a vingança, institucionalizada pela ignorância das leis divinas e pela imperfeição intelectual e moral do homem, no seu orgulho e no seu egoísmo.

             Ela se constitui em “um índice seguro do atraso dos homens que a ela se entregam e dos Espíritos que ainda podem inspirá-la.”

             O espírita, pelos conhecimentos que tem, jamais deve acolhê-la em seu coração e em sua mente, pois ela é, exatamente, o contrário do perdão, condição sine qua non do amar ao próximo como a si mesmo. Quem ama, perdoa sempre, e quem se exercita no perdão está desenvolvendo o amor ao próximo.

             Quando sentir, dentro de si, o desejo de vingar-se de alguém - o espírita não é perfeito - no sentimento negativo da raiva, do ódio, dê uma parada, busque olhar-se como se fosse outra pessoa, e ore: - Perdão, meus Deus, ajudai-me a libertar-me desses sentimentos primitivos e negativos que ainda trago dentro de mim. Não os quero, desejo aprender a perdoar agora e sempre.

             O autor comenta que o sentimento da vingança está, quase sempre, acompanhado da falsidade e da vileza, assumindo, muitas vezes, por razões diversas, uma atitude hipócrita, dissimulando os maus sentimentos que sente e o estimulam ao revide. 

             Calunia por traz, com insinuações, em voz baixa, espalhando boatos e mentiras, como quem não quer falar mal, dissimulando estar sendo amigo de quem o ouve, a fim de afastar do adversário seus amigos e parentes.

             Ou então, ataca o adversário, citando fatos, falsos ou verdadeiros, de sua vida ou de seus familiares, que nada têm a ver com o do momento, para desmerecê-lo e humilhá-lo aos olhos dos outros. Ao invés de defender-se, ataca para desmoralizar.

             “Ah! O covarde que se vinga dessa forma é mil vezes mais criminoso que aquele que vai direto ao inimigo e o insulta face a face!”

             A vingança é um sentimento tão negativo, que impede quem o sente de perceber, não só as necessidades do outro como as suas próprias necessidades espirituais de amar e ser amado, pois busca vingar-se até dos que amam, da maneira como podem amar, mas que já é o amor em desenvolvimento.

             O desejo de vingança leva o vingador a alegrar-se com os sofrimentos alheios e com sua participação em provocá-los, impedindo o desenvolvimento dos sentimentos da piedade, da compaixão, da abnegação, do amor.

             É de fato, prova cabal do atraso espiritual de quem a sente e a alimenta. Necessita, pois, da compaixão, do perdão, das preces de todos os que assim a percebem, assim como Jesus ensinou e exemplificou.

             O autor, que não sabemos quem é, escreve de maneira tão incisiva, tão determinada, sobre esse mau sentimento, que julgamos correto terminar com suas palavras: “Para traz, portanto, com esses costumes selvagens! Para traz com esses hábitos de outros tempos! Todo espírita que pretendesse ter, ainda hoje, o direito de vingar-se, seria indigno de figurar por mais tempo na falange que tomou por divisa o lema: Fora da caridade não há salvação. Mas, não, não me deterei em semelhante idéia, de que um membro da grande família espírita possa jamais ceder ao impulso da vingança, mas, pelo contrário, ao do perdão.”

Leda de Almeida Rezende Ebner
Julho / 2010
 
Bibliografia:
KARDEC, Allan -“ O Evangelho Segundo o Espiritismo” 

 O CENTRO ESPÍRITA BATUIRA esclarece que permanece divulgando os estudos elaborados pela Sra Leda de Almeida Rezende Ebner após o seu desencarne, com a devida AUTORIZAÇÃO da família e por ter recebido a DOAÇÃO DE DIREITOS AUTORIAIS, conforme registros em livros de Atas das reuniões de diretoria deste centro.
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett