Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
O Evangelho Segundo o Espiritismo  |  Amar o Proximo como a Si mesmo   |  Capitulo XI   |  01/05/2009
O MAIOR MANDAMENTO PARTE II
  “O Reino dos Céus é comparado a um rei que quis tomar contas a seus servos. 
E tendo começado a tomar as contas, apresentou-se-lhe um que lhe devia dez mil talentos. E como não tivesse com que pagar, mandou o seu senhor que o vendessem a ele e a sua mulher e a seus filhos, e tudo o que tinha, para ficar pago da dívida.
Porém o tal servo, lançando-se aos pés, fazia-lhe esta súplica: “Tem paciência comigo, que eu te pagarei tudo.” 
Então, o senhor, compadecido daquele servo, deixou-o ir livre, e perdoou-lhe a dívida.
E tendo saído este servo, encontrou um de seus companheiros, que lhe devia cem dinheiros; e lançando-lhe a mão à garganta o asfixiava, dizendo-lhe: “Paga-me o que deves.”
E o companheiro, lançando-se-lhe aos pés, rogava: “Tem paciência comigo, que eu te satisfarei tudo.”
Porém, ele não atendeu; retirou-se e fez que o metessem na cadeia, até pagar a dívida.
Os outros servos, seus companheiros, vendo o que se passava, sentiram-no fortemente, e foram dar parte a seu senhor de tudo o que havia acontecido.
Então o fez vir seu senhor e lhe disse: “Servo mau, eu te perdoei a dívida toda, porque me vieste rogar isso; não devias tu, logo, compadecer-te, igualmente, do teu companheiro, assim como também eu me compadeci de ti?
E cheio de cólera, mandou seu senhor que o entregassem aos algozes, até pagar toda a dívida.
“Assim também, vos tratará meu Pai celestial, se não perdoardes do íntimo de vossos corações, aquilo que vos tenha feito vosso irmão.” (Mateus, XVIII: 23 a 25)

Após haver respondido a Pedro que se deve perdoar setenta vezes sete vezes, para melhor fixar o ensinamento na mente e no coração dos homens, Jesus narrou essa parábola, que foi depois denominada: Parábola do Credor Incompassivo.

Com muita clareza, ele demonstrou que receberemos das leis divinas, conforme agirmos com nosso próximo, assim também como está bem claro, esse ensino, na frase do Pai Nosso: “Perdoai as nossas dívidas, assim como perdoamos aos nossos devedores”. Verbo no presente, para lembrarmo-nos dessa necessidade já, hoje, agora. 

Tratar os outros como se deseja ser tratado é ir desenvolvendo, no seu interior, o amor ao próximo como a si mesmo, e, conseqüentemente, desenvolvendo também o amor a Deus.

Essa conduta deve ser iniciada e perseguida, perseverantemente, por todos aqueles que desejam melhorar-se e colaborar na melhoria dos seus semelhantes e da Terra.

No exercício dessa norma, consigo mesmo e nas instituições, os homens encontrarão a fraternidade, a paz, a justiça, a concórdia e mútua benevolência, porque somente ela leva à destruição do egoísmo, que impede o homem de abrir seu coração, de estender seus braços ao seu irmão.

Na última frase de Jesus: “Assim também vos tratará meu Pai celestial, se não perdoardes, do íntimo de vossos corações, aquilo que vos tenha feito vosso irmão”, o Espiritismo nos explica que Jesus se referia aos sofrimentos após a morte do corpo e às reencarnações de dores e sofrimentos, tantas quantas forem necessárias, a fim de que os Espíritos rebeldes aprendam a perdoar e a amar.

É a lei de causa e efeito, dando a cada um segundo as suas obras, não sofrimento eterno, mas oportunidades de aprendizado, de desenvolvimento espiritual, através das inúmeras experiências vividas nas também inúmeras reencarnações.

Leda de Almeida Rezende Ebner
Maio / 2009
 
Bibliografia:
KARDEC, Allan -“ O Evangelho Segundo o Espiritismo” 

 O CENTRO ESPÍRITA BATUIRA esclarece que permanece divulgando os estudos elaborados pela Sra Leda de Almeida Rezende Ebner após o seu desencarne, com a devida AUTORIZAÇÃO da família e por ter recebido a DOAÇÃO DE DIREITOS AUTORIAIS, conforme registros em livros de Atas das reuniões de diretoria deste centro.
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett