Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
O Livro dos Espíritos  |  Livro Primeiro: As Causas Primárias Capítulo I - DEUS     |  01/07/2005
ESTUDANDO EM TRANSCRIÇÕES - DEUS - PARTE 2
Prosseguem as reflexões sobre o entendimento de Deus, explicando muitas idéias que ainda hoje são constantes na forma de perceber Deus, mantendo-o distante do Deus Pai, providencia e previdência a oferecer todos os meios para que seus filhos vivam em clima de justiça, misericórdia amor e paz.

"(...)
Expulso do Éden, o casal primitivo teve dois filhos: Caim e Abel, segundo relato do cap. IV do Gênesis, versículo 1 a 16. Estava assim iniciada, segundo as religiões dogmáticas, a raça humana na Terra. Mas a própria Bíblia desmente essa suposição, ao declarar logo no vers. 2 que "Abel foi pastor e Caim lavrador". Nos versículos 14 e 15 vemos Caim temer que "outros" o matem e o Senhor "pôs um sinal em Caim, para que não o ferisse de morte quem quer que o encontrasse. E o vers. 16 nos oferece essa preciosa informação: retirando-se da presença do Senhor o renegado Caim "habitou na terra de Node, ao oriente do Éden".
Não precisamos sair desse cap. 4 para ver que Adão e Eva não iniciaram a raça humana, mas apenas a sua própria descendência, num mundo já povoado há muito tempo. Os versículos seguintes confirmam isso plenamente".

_____________________________________________________________

"(...)
Tratemos agora do fratricídio de Caim cujo símbolo é também dos mais significativos.
Vemos na Bíblia que Caim matou Abel por ciúmes de Deus. Ambos haviam oferecido ao Senhor, as primícias de seus trabalhos: Caim, os frutos da terra, Abel os gordos rebentos do seu rebanho, o que mostra que já viviam na era das civilizações agrárias. Mas o Senhor não gostou da oferta vegetal, preferindo a de carne. Como todos os deuses antigos, o Deus Único da Bíblia também gostava mais de carnes que de frutas.
A alegoria é evidente: Caim representa o egoísmo humano de uma raça em desenvolvimento; Abel é a vítima inocente desse egoísmo feroz; Deus pune Caim, mas não o aniquila, porque ele precisa continuar progredindo; e o Deus em causa não é o verdadeiro deus, mas um guia espiritual que representa o Senhor perante a ingenuidade desse povo nascente. É inacreditável que ainda hoje nos queiram impingir essas alegorias no seu sentido literal!".

"(...)
Com quem casou Caim, ao retirar-se para a terra de Node? Se Adão e Eva eram as primeiras criaturas humanas, Caim era a terceira. Não haveria mais gente em toda a Terra.
Mas a Bíblia conta o seguinte:
"E coabitou Caim com sua mulher; ela concebeu e deu à luz Enoque. Caim edificou uma cidade e lhe chamou Enoque, o nome de seu filho". 

Gênesis IV:7

A mulher de Caim era de outra raça, do povo que habitava a terra de Node. Os costumes da época ressaltam de todo o texto. Ao construir uma cidade, Caim lhe deu o nome do filho, homenagem comum nos tempos antigos...
E com que povo ia Caim povoar a sua cidade? Pensaria em fazê-lo apenas com a sua geração?
O fato mesmo de Caim ser pastor e Abel lavrador já nos mostra que Adão e Eva viviam numa civilização constituída.
Se já havia profissões, divisão de trabalho, especialização de produção e até mesmo a fundação de cidades, e evidente que o mundo não estava começando, mas já havia começado a muito tempo"...

           Poderíamos continuar a transcrever o Prof. Herculano Pires no seu "Visão Espírita da Bíblia", fornecendo-nos raciocínios que possibilitam a que pouco a pouco nos desfaçamos dos preconceitos culturais, das heranças místicas e supersticiosas do passado bem como dessas influências nos dias que correm.
           No entanto, o que foi transcrito, já suscita idéias para que percebamos o quando ainda nos detemos no campo do folclórico, da lenda, do sobrenatural.
           Em "O Livro dos Espíritos" cap. II, final do item 59, depois de analisar as várias contradições acerca de Deus, constantes encontramos:

"(...) Devemos concluir que a Bíblia é um erro?
— Não; mas que os homens se enganaram na sua interpretação".

           Essa colocação esclarece a posição espírita que reconhece na Bíblia sua natureza profética, ou seja, mediúnica encerrando a Primeira Revelação e já anunciando em suas páginas o advento do Cristo, configurando a Segunda Revelação. Nesta inclusive, Jesus anuncia o advento do Consolador com a Terceira Revelação, a chamada revelação espírita.

           Desse modo, os fatos analisados não se referem às críticas ou menosprezo, os fatos analisados, mas a perceber como a Codificação na Terceira Revelação, nada muda dos ensinos anteriores, mas esclarece a uma mentalidade moderna, suficientemente evoluída para entender alegorias e símbolos contidos. A Codificação Espírita não contrária ou reforma, mas fornece ao espírita conhecimento para que saiba no que crê e por que crê.

           Esse crer que se transforma em saber, é uma conquista racional, alicerçada na razão e que dá forças, estímulos necessários para renovar, propiciando nascer cada um o homem evangelizado desperto para encontrar a face espiritual que vive na essência das coisas, que governa o Universo, e que leva a perceber Deus a desdobrar-se em realidade atuante como dinâmica intrínseca e universal governando cada átomo, formando organismos e mundos, princípio e fim das criações, luz a brilhar imantando a alma que passa a posicionar-se na Vida, percebendo nessa trilha a bênção do retorno à casa do Pai.

"(...) deus é a inteligência suprema causa primária de todas as coisas".1

           Se pudermos senti-Lo em nós mesmos, na nossa consciência, nos nossos sentimentos; se pudermos percebê-Lo na folha que cai, na relva a crescer, na estrela, no grão de areia, no convívio com o outro, então Deus passa a existir e o poderemos assim amar de todo coração e de todo entendimento, sem precisar aguardar o futuro para praticar o Bem, traduzido nas ações do cotidiano, em favor do outro o melhor que cada um possua guardando o coração tranqüilo daquele que "(...) ama a Deus sobre todas as coisas e o próximo com a si mesmo."
Alento e Força
                                                       Elaine Patrícia de Oliveira

Somos filhos de Deus
Obra de sua criação
Estamos encarnados nesse planeta
Para continuar nossa evolução

Cada situação difícil!
É uma nova oportunidade
De aprender, crescer
E exercitar o amor e a caridade

Não é nada fácil
A bondade praticar
Mas temos que ser fortes
Pois cada um recebe o fardo que suporta carregar

E mesmo quando sofremos
Ou estamos em situação de dor
Nunca esqueçamos que não estamos sozinhos
Nos acompanha sempre Deus, nosso Pai e Criador!!!

Bibliografia:
Pires, Herculano - Visão Espírita da Bíblia


Leda Marques Bighetti
Julho / 2005
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett