Exigências
 Chamados... Escolhidos... Enviados... Aprendizes ! 
              Apontaria Deus os seus escolhidos? Há privilegiados? Existiriam únicos e selecionados? 
              Aprendemos que, através de esforços próprios, sob a inesgotável proteção divina, o homem integra-se com a grandiosidade da Vida, cooperando com Deus. 
              Observa-se no contato de cada dia, que há uma espera e uma procura um tanto ansiosa quanto aos enviados. 
Há pouco trabalho com os aprendizes e muita expectativa nas espera dos enviados. 
              Os homens vivem à cata dos que são capazes de realizar um pouco mais precisam exercitar os próprios dons na simplicidade das tarefas de cada dia. 
              Muitos corações são inibidos pela prepotência. A pseudo-sabedoria é um grande entrave. 
              Os aprendizes merecem respeito e apoio mesmo que os seus recursos sejam mínimos.               Sábio é o homem que não discrimina e faz com parcas parcelas uma realização de amor. 
              É fácil exigir prodígios. 
              Significativo é recolher e acreditar naquilo que o outro pode dar. 
              Mais profundo do que aplaudir um virtuoso é reconhecer um aprendiz e encaminhá-lo à descoberta dos dons que lhe são latentes.
______________________________________________________________________________________________________________
http://www.cebatuira.org.br/
2018/2/19 | 01:02:52

IMPRIMIR