Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
Mocidade Espírita Batuira   |  Integração do Jovem no Centro Espírita   |  01/10/2001
EDUCAR-SE DANÇANDO - PARTE II - FASES
Prosseguindo nosso tema " Educar-se dançando " estudaremos " Fases " - 2.

Cada estágio de desenvolvimento pode ser visto (didaticamente) como tendo três fases: Receptividade, Tentativa - e - Erro e Competência.

Receptividade(tendência para receber impressões ou influências de determinado agente) – a fase inicial do estágio de desenvolvimento quando o jovem está completamente receptivo e aberto àqueles ao seu redor no sentido de se informar sobre como usar sua nova percepção. 
Ela diz: " Eu me fecho para o mundo na medida que tento estabelecer a minha identidade individual. Estou totalmente receptivo, por mais paradoxal que possa parecer, às possibilidades da minha própria liberdade e do meu " eu ". Essa receptividade começa pelos treze anos. Ela não inclui você. Por que deveria ? Trata-se de algo sobre meu próprio "eu"."

Tentativa - e - Erro - é a fase intermediária quando o jovem tenta usar o que recebeu. Mantém comportamentos que funcionam e elimina aqueles que não sirvam à necessidade do estágio em que se encontra. 
Ela diz: " Na força intensa do meu Querer, para que todos vejam, eu experimento todos os Eus que posso. De cabelos verdes com pontas roxas a dançarino de balet, de solitário a enturmado, de amante da liberdade a disciplinador, afirmo meu eu sempre em mudança. Como os colegas me são importantes, experimento algumas das mesmas máscaras que eles experimentam. "

Competência (qualidade de quem é capaz de apreciar e resolver certos assuntos ou fazer determinada coisa) – é a terceira e última fase desse estágio de desenvolvimento. É quando o jovem se sente capaz e confiante para empregar o que aprendeu no estágio corrente. 
Ele diz: " Tenho um ' EU ' que me é adequado. Sou forte e capaz e conheço o caminho correto para mim .Ainda não estou muito interessado na sua perspectiva a menos que, de algum modo, ela afete a minha liberdade. Posso fazer o que quiser fazer ,desde que tenha competência para tal ,assumindo as responsabilidades decorrentes. "

Hesitações do estágio...

Uma hesitação –indecisão / dúvida - é uma pausa natural no processo de crescimento. É uma época em que o jovem recua de sua situação. É algo saudável. Supri-la com a segurança de que necessita é importante para o crescimento saudável. O jovem não "sabe" porque ele está fazendo o que está fazendo, mas há uma sabedoria agindo aqui que lhe permite fazer essa pausa, reagrupar e sentir-se segura antes de se lançar a novas explorações. 
Elas podem ocorrer entre as fases dentro do estágio de desenvolvimento, ou entre estágios de desenvolvimento na medida que a criança ou o jovem os atravessa. 
Alguns sintomas da hesitação podem parecer dramáticos, não devem ser confundidos com disfunções – função ou ato que se efetua de maneira irregular ,anormal . Podem durar no máximo 4 ou 5 semanas. Se perduram por mais de oito semanas é importante buscar as razões para o seu comportamento. Segundo a psicóloga Margaret Mahler, as hesitações são importantes para um futuro saudável . Por isso devem ser aceitas com naturalidade .Significam exatamente o trabalho intimo na procura de uma situação que plenifique. 
Hesitações aparecem durante toda a vida. Quando parecer que o jovem está passando por uma hesitação, devemos entender suas necessidades de desenvolvimento e verificar se estão sendo supridas de uma forma balanceada ,situações que fortalecendo–o , dar–lhe–ão equilíbrio para vence-las. 
São mais facilmente percebidas aos 13, 15 anos e, aos 17 anos e meio ou mais. Fazem-se acompanhar por aparente confusão em áreas que, antes, eram confiantes. Sintomas comuns são, por exemplo, cinismo, fixação em algumas atitudes emocionais típicas de idades anteriores, quando mostram receio incomum de estranhos, receio do sexo oposto, dominante ou tímido, ou acompanha " cegamente " a turma .

Qualidades especiais

• Começa com a afirmação " Eu sou um indivíduo ".
• É acompanhada por certa insegurança. A insegurança leva-o avançar na tarefa de encontrar identidades saudáveis ( máscaras ).
• Explora a autonomia ( muitas vezes afirmando e desafiando ).
• " Veste " muitas identidades e as experimenta uma substituindo a outra. Orgulha-se apenas daquela com a qual se identifica no momento.
• Faz declarações individuais longe dos pais (o que é natural).
• Freqüentemente se identifica com os companheiros.
• Sua Linguagem são os ideais ,é o campo fora do real.
• Está muito atenta à liberdade ,no sentido de que tudo lhe é permitido ou devido.
• Está procurando por alguém para co-criar limites num ambiente seguro.
• O Espaço Pessoal é imprescindível ( como nunca antes ).
• As afirmações dele " queimam " os resíduos da infância com muito " fogo ".
• Experimenta e afirma sobre qualquer coisa – Não há terreno " sagrado ".
• É uma idade de romantismo, particularmente sobre seus próprios ideais.
• Está muito fascinado com a Sombra, o Lado Negro das coisas ( filmes, livros, por exemplo )
• Freqüentemente tímido sobre o próprio corpo, independentemente dos costumes da família.
• Sente-se inseguro , não é capaz de tolerar imperfeições pessoais que lhe são apontadas.
• Importante não rotulá-lo a uma identidade ( máscara ) .
• Permita a intensidade, da origem à concentração e possibilite o desenvolvimento da auto-suficiência.
• Não pressione para " formatá-lo " a algum modelo.
• Dê-lhe um espaço seguro e apoio para explorar.
• Estar presente para ampará-lo quando cair . Alegrar-se com ele quando tiver sucesso.
• Nunca ridicularizar .
• Nossas inconsistências e hipocrisias se tornam pontos de conflito com ele.
• Espere o inesperado dele.
• Lembre-se da oportunidade para dançar aqui. Há muita oportunidade para os pais/educadores crescerem e se expandirem, tanto quanto para o jovem. Nossos apegos são " pistas " . O jovem vai procurar com curiosidade nossos pontos sensíveis.
• Sempre dar amor mesmo na situação dele fazer afirmações irracionais em conflito conosco, na tentativa de declarar-se um indivíduo.
• A principal função da Vontade é solidificar uma identidade, assim, a razão pode surgir com questões do tipo " Quem sou eu " ?
• O jovem nesse estágio acabará numa erupção de dúvida e confusão do tipo: " Minhas investidas não me levaram à realização dos meus ideais como eu esperava ".

Transição

À medida que o Espírito muda ( transita ) de um estágio de desenvolvimento para outro, há alguns pontos a serem observados:

Primeiro : todas as idades possuem um ritmo próprio e diferente. A mudança de estágio é motivada pôr necessidades internas. Ninguém pode dizer exatamente quando isso vai ocorrer. Pôr exemplo, a passagem do primeiro estágio para o segundo pode ocorrer entre 7 anos e meio e 9 anos. Do segundo para o terceiro, entre 12 anos e 13 anos e meio. Do terceiro para o quarto, entre 15 anos e meio e 18 anos. Finalmente o último terminando lá por volta de 21 e 23 anos .Isso é a tese ,podendo haver uma variação em cada uma delas de dois a três anos para mais ou para menos ,caracterizando o amadurecimento acontecendo mais cedo ou a imaturidade avançando pela idade adulta.

Segundo : leva tempo " atravessar a ponte ", geralmente entre nove e dezoito meses. Durante esse período é importante notar que o Espírito nunca está em dois estágios ao mesmo tempo. Estará ou em um, ou em outro, mesmo que possa mudar dia após dia até finalizar a transição. As mudanças de fase não se dão abruptamente passando-se totalmente de uma para outra.Há em toda transição as interfases onde o Espírito estagia em uma mas guarda fortes resquícios da que está deixando ao mesmo tempo em que vai se apropriando dos valores da fase em que está adentrando.

Lembrar que na fase de transição, deve-se manter-se ligado ao novo estágio ( mesmo que pareçam estar recuando no momento ). 
Quando as necessidades de desenvolvimento do Espírito não foram atingidas, isso pode resultar num atraso na mudança de estágio ou mesmo numa necessidade de um " crescimento rápido " para seguir adiante. Sempre a depender da estrutura interna dele – ambas as situações são possíveis ,mas exigirão nesse caso auxílio que o leve a prosseguir. 
A observação será sempre a melhor ferramenta. 
Durante tais transições Espíritos necessitam de paciência, amor e entendimento por parte dos pais, professores e adultos em geral. 
O que é único na transição para esse estágio: 
Quando o Espírito entra nesse estágio, ele vai mostrar sinais de estar em torno de si e em defesa do seu espaço pessoal. Também pode ser percebido sinais de forte orgulho em relação aos seus amigos. Lembrar que o desabrochar desse estágio não coincide necessariamente com o desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários. Os sinais de amadurecimento psico emocionais irão aparecer independentemente das mudanças físicas da puberdade. 
O que é único na transição desse estágio para o outro: 
A competência desse estágio termina em dúvida e confusão Isto é natural. Suas asserções não lhe trouxeram a confiança na vida que esperavam e, então, surgem os questões do tipo " Quem sou eu ? ", " Por que ? ", " Qual o propósito da vida afinal ? " Está dúvida e confusão marcam o início da entrada no próximo estágio, em que a Razão tem um papel predominante .Consequentemente, a dúvida dá origem a um novo questionamento na vida... Começa o período da filosofia, ou o amor pela realidade. Mais tarde, quando tiver as principais questões (re)formuladas, melhor instrumentalizado, poderá iniciar a nova etapa de construção ou realização do seu planejamento reencarnatório.

Hérin Andréas 
Outubro / 2001

Próxima Página - " O que seria Dançar ? "
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett