Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
Evangelização Infantil     |  01/11/2007
NATAL – USOS E COSTUMES
Tema: Natal – Usos e Costumes

Faixa etária: 13 e 14 anos

Objetivo: refletir sobre o Natal e festas de fim de ano.

Incentivação inicial:

Perguntar a cada evangelizando o que o Natal representa para ele. Como ele comemora o Natal.

Desenvolvimento:

O Natal é a solenidade cristã que que celebra o nascimento de Jesus Cristo.

A data para sua celebração é o dia 25 de dezembro, adotada pela Igreja Católica Romana.

A palavra Natal deriva do Latim natale. Relativo ao nascimento (dicionário).

De acordo com o Almanaque Romano a festa já era celebrada em Roma no ano 336 d.C.

No século IV as igrejas ocidentais passaram a adotar o dia 25 de dezembro para o Natal.

A celebração do Natal de Jesus foi instituída oficialmente pelo Papa Libério, no ano 354 d.C.

Segundo vários estudos a data de 25 de dezembro não é a data real do nascimento de Jesus.

A razão provável da adoção de 25 de dezembro é que os primeiros cristãos desejaram que a data coincidisse com a festa pagã dos romanos dedicada ao “nascimento do deus sol invencível”, que comemorava o solstício de inverno. Com isto a Igreja queria enfraquecer o paganismo e fortalecer o cristianismo.

No mundo romano a Saturnália (antiga festa pagã em honra de Saturno – o deus sol) era comemorada em 17 de dezembro, era o período de alegria e troca de presentes.

A Bíblia, em Lucas 2:8, diz que os pastores estavam nos campos cuidando do rebanho na noite em que Jesus nasceu.

Sabe-se que os pastores recolhiam os rebanhos das montanhas e dos campos e os colocavam nos currais, o mais tardar, até o dia 15 de outubro (do calendário atual) para protegê-los do frio intenso e da estação das chuvas.

A primeiras chuvas começavam no mês de “Marchesvan” que corresponde a parte dos meses de outubro e de novembro de nosso calendário e as ovelhas permaneciam no campo somente no verão.

Como os pastores poderiam estar no campo em 25 de dezembro se, nesse período, o frio era intenso impossibilitando a permanência no relento?

Árvore de Natal:

Entre as várias versões sobre a procedência da árvore de Natal, a maioria delas indicam a Alemanha como o país de origem; a mais aceita atribui a novidade a Martinho Lutero (1483/1546), autor da Reforma Protestante do século XVI.

Olhando para o céu, através de uns pinheiros, viu-o intensamente estrelado. Decidiu arrancar um galho e levá-lo para casa.

Colocou-o num vaso com terra e, chamando a esposa e os filhos, decorou-o com pequenas velas acesas colocadas nas pontas dos ramos. Nascia, assim, a árvore de Natal.

Queria mostrar às crianças como deveria ser o céu na noite do nascimento de Jesus. (fonte: Wikipédia)

Presépio:

A tradição católica diz que o presépio (do latim presépio) surgiu em 1223, quando São Francisco de Assis quis celebrar o Natal de um modo mais realista possível e com a permissão do Papa, montou um presépio de palha, com uma imagem do Menino Jesus, de Maria e de José, juntamente com um boi e um jumento e vários outros animais vivos. Nesse cenário foi celebrado a Missa de Natal. (fonte: Wikipédia)

Papai Noel:

O Papai Noel foi inspirado em São Nicolau, bispo de Mira (Turquia) que viveu no século IV.

Diz a tradição que esse religioso tinha o hábito de se desfazer de sua riqueza dando presentes, anonimamente, no meio da noite e que isso teria dado origem ao Papai Noel.

Uma outra lenda diz que Nicolau presenteava ocultamente as três filhas de um homem pobre, para que o pai das meninas pudesse custear o dote e casá-las.

Alguns dizem que as moedas eram colocadas em meias, penduradas na lareira para secar. Uma tradição que ainda continua. ( jornal Folha de São Paulo).

Essa tradição deu origem ao costume de presentear na véspera do dia de São Nicolau (6 de dezembro), data que, depois, foi transferida para o dia de Natal.

Daí a associação do Natal com São Nicolau.

Fixação:

Para os espíritas não importa a data verdadeira do nascimento de Jesus, nem as simbologias e mitos criados em torno dela, o que realmente importa é a mensagem de Jesus e que todos saibam segui-la.

Avaliação:

Discussão em grupo.

Evangelizadora: Géssia Chaves
Coordenadora do Departamento: Beatriz de Almeida Rezende
Novembro / 2007
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett