Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
Evangelização Infantil     |  02/04/2007
REFLETIR SOBRE O ABORTO
Aula 13/14 anos

Tema: Aborto

Objetivo: Refletir sobre o aborto

Incentivação inicial:
Levar a figura de um bebê apresentá-lo as crianças para que o observem e despertem neles sentimentos advindos da graça que todo recém nascido estimula em nós.
A partir daí, iniciar um diálogo com o objetivo de fazê-los pensar no valor da vida.

Perguntas:
1. A chegada de um bebê é sempre motivo de alegria?
2. Ao ver uma jovem grávida qual sentimento ela desperta em você?
Ouvir as respostas e a partir deles iniciar uma exposição dialogada. Lembrar as crianças que a resposta chave de nossa aula será obtida em O Livro dos Espíritos.

Desenvolvimento: 
Todos aqui já tiveram a oportunidade de estar na presença de uma mulher grávida e esta situação pressupõe que dentro desta enorme barriga há um serzinho em desenvolvimento.
Muitos de nós, em alguma ocasião, já vivenciamos estas situações em nossas próprias casas, com nossos irmãozinhos, primos, familiares e percebemos que há uma movimentação quando isto acontece, gerando alegrias e ansiedades pela chegada deste bebê. 
Quando a noticia de que vem por ai um bebê, que não foi planejado, esta notícia trará alegrias e felicidade? Deveria trazer, não é mesmo?
Um relacionamento íntimo entre jovens sem responsabilidade, pode trazer conseqüências e surgir uma gravidez não programada. 
Nestas horas o casal, pelo despreparo, entra em conflito surgindo soluções imediatas como fugir da situação, que exige postura e responsabilidade, ou ainda querer se livrar desta criança que desponta agora como um problema, partindo para um método não aprovado pela Doutrina Espírita, cujo nome é Aborto.
Situações como esta geram tristezas, desequilíbrios que se a família não esta presente, para ajudar na reflexão e orientar nos posicionamentos pode ocasionar danos maiores.
O Espiritismo e os espíritas reprovam o aborto por constituir prática anticristã, cruel e em desacordo com as leis divinas.

Argumentos usados:

• falta de recursos financeiros,
• uniões ilícitas,
• anomalias orgânicas,
• preconceitos sociais, nada disto justifica este ano criminoso (covarde).

Emmanuel estudando os diversos tipos de crime é categórico em afirmar que o aborto é o mais doloroso pela crueldade com que é praticado. (Religião dos Espíritos, p. 17).
Impedir a alma de reingressar no mundo corpóreo, negar ao Espírito a oportunidade de reajuste representa, em qualquer lugar, situação e tempo, crime revoltante. (Sexo e Evolução, p. 252)
No aborto criminoso, quase sempre provocado para fugir a responsabilidade de um deslize moral, a mãe converte-se em assassina e o pai, na cumplicidade irresponsável, em homicida.
A Doutrina Espírita trata clara e objetivamente a respeito do abortamento, na questão 358 de sua obra básica O Livro dos Espíritos, de Allan Kardec:

Pergunta – Constitui crime a provocação do aborto, em qualquer período da gestação?
Resposta – “Há crime sempre que transgredis a lei de Deus. Uma mãe, ou quem quer que seja, cometerá crime sempre que tirar a vida a uma criança antes do seu nascimento, por isso que impede uma alma de passar pelas provas a que serviria de instrumento o corpo que se estava formando”.
O procedimento abortivo é moral e somente em uma circunstância, segundo O Livro dos Espíritos, na questão 359, respondida pelos Espíritos Superiores é permitido:

Pergunta – No caso em que a vida da mãe estivesse em perigo, pelo nascimento da criança, haveria crime em sacrificar a criança para salvar a mãe?
Resposta – “É Preferível sacrificar o ser que não existe a sacrificar-se o que já existe.’ A este tipo aborto dá-se o nome de Aborto Terapêutico.
Com o avanço da Medicina, torna-se cada vez mais escassa a indicação desse tipo de abortamento. Essa indicação de aborto, mostra-se como situação de prova e resgate para pais e filhos, que experimentam a dor educativa em situação limite, propiciando, desse modo, a reparação e o aprendizado necessários.
Sobre os direitos do ser humano, foi categórica a resposta dos Espíritos Superiores a Allan Kardec na questão 880 de O Livro dos Espíritos:

Pergunta – Qual o primeiro de todos os direitos naturais do homem?
Resposta – “O de viver. Por isso é que ninguém tem o de atentar contra a vida de seu semelhante, nem de fazer o que quer que possa comprometer-lhe a existência corporal”.
Quando de dá o início da vida humana?
Para a Doutrina Espírita, está claramente definida a ocasião em que o ser espiritual se insere na estrutura celular, iniciando a vida biológica com todas as suas conseqüências. 
Na questão 344 de O Livro dos Espíritos, Allan Kardec indaga aos Espíritos Superiores:

Pergunta – Em que momento a alma se une ao corpo?
Resposta – “A união começa na concepção, mas só é completa por ocasião do nascimento. Desde o instante da concepção o Espírito designado para habitar certo corpo, a este, se liga por um laço fluídico, que cada vez mais se vai apertando até ao instante em que a criança vê a luz. O grito, que o recém-nascido solta, anuncia que ela se conta no número dos vivos e dos servos de Deus”. 
Sendo assim, podemos concluir que ante a queda moral pela prática do aborto não se busca condenar ninguém. O que se pretende é evitar a execução de um grave erro, de conseqüências nefastas, tanto individual como socialmente, como também sua legalização. Como asseverou Jesus: “Eu também não te condeno; vai e não tornes a pecar.” (João, 8:11.).

Avaliação:
O estudo será considerado satisfatório se os evangelizandos responderem corretamente as perguntas. 

Evangelizadora: Elisabeth Maciel
Coordenadora do Departamento: Beatriz de Almeida Rezende
Abril / 2007
 
Bibliografia:
• KARDEC, Allan. O Livro dos Espíritos 
• BARCELOS, Walter. Sexo e Evolução 
• XAVIER, Francisco C., pelo Espírito Emmanuel. Religião dos Espíritos
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett