Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
A Gênese  |  Deus   |  Capitulo II   |  01/10/2003
A VISÃO DE DEUS
Por que não vemos Deus? Se ele está em toda parte, por que não o vemos? Dar-se-á possamos vê-lo quando deixarmos a Terra? São perguntas que se formulam todos os dias, partindo-se do princípio que se crê em Deus e na alma.
             
Facilmente se pode responder a primeira questão. Os nossos órgãos visuais possuem percepções limitadas e por isso são inaptos à visão de certas coisas, mesmo materiais. Alguns fluidos nos fogem totalmente à visão e aos instrumentos de análise e não duvidamos da existência deles; vemos, por exemplo,os corpos em movimentos sob a influência da força de gravitação, mas não vemos essa força.

Assim também os nossos órgãos materiais não podem perceber as coisas de essência espiritual. Unicamente com a visão espiritual podemos ver as coisas do mundo imaterial. Portanto, somente a nossa alma pode ter a percepção de Deus. Dar-se-á que ela o veja logo após a morte? Como saber? Somente as comunicações de além túmulo podem nos instruir. Por elas sabemos que a visão de Deus constitui privilégio das almas purificadas e que bem poucas ao deixarem o envoltório terrestre, se encontram no grau de desmaterialização necessária a tal efeito.

Assim como uma pessoa que se encontre no fundo de um vale envolvido por densa bruma não vê o Sol, mas pela luz difusa percebe que está fazendo sol e, ao subir a montanha, à medida que vai ascendendo o nevoeiro se torna menos denso até que finalmente ao passar a camada brumosa vê o Sol em sua plenitude, o Espírito, também vai se elevando em moralidade. As imperfeições da alma são quais camadas nevoentas que lhe obscurecem a visão. Cada imperfeição de que ela se desfaz é uma mácula a menos; todavia, só depois de se haver depurado completamente é que goza da plenitude de suas faculdades. Há que se fazer menção para o entendimento do exemplo da existência do perispírito invólucro constituído de matéria quitessenciada, isto é sutil, diferente da matéria bruta e que por isso que escapa aos nossos sentidos e que é o liame, laço fluídico através do qual o espírito se liga ao seu corpo material, isto é o corpo de matéria bruta e com ele interage. Com a evolução do espírito em moralidade, o que se dá nas suas múltiplas encarnações esse invólucro também vai se tornando menos denso, menos grosseiro.

"Sendo Deus a essência divina por excelência, unicamente os Espíritos que atingiram o mais alto grau de desmaterialização o podem perceber. Pelo fato de não o verem não se segue que os Espíritos imperfeitos estejam mais distantes dele do que os outros; esses Espíritos, como os demais, como todos os seres da Natureza se encontram mergulhados no fluido divino, do mesmo modo que nós o estamos na luz. O que há é que as imperfeições daqueles espíritos são vapores que os impedem de vê-lo. Quando o nevoeiro se dissipar, vê-lo-ão resplandecer. Para isso não é preciso subir nem procura-lo nas profundezas do infinito. Desimpedida a visão espiritual eles o verão de todo lugar onde se achem, mesmo da Terra, porque Deus está em toda parte.

O Espírito só se depura com o tempo, sendo as diversas encarnações o alambique em cujo fundo deixa de cada vez algumas impurezas. Com o abandonar seu corpo material, não se despoja instantaneamente de suas imperfeições, razão porque , depois da morte não vêem a Deus mais do que viam quando vivos. Não o vêem, mas compreendem-no melhor; é a luz menos difusa.
Nenhum homem, conseguintemente, pode ver a Deus com os olhos da carne. Se essa graça fosse concedida a alguns, só o seria no estado de êxtase, quando a alma se acha tão desprendida dos laços da matéria que torna possível o fato durante a encarnação. Tal privilégio, aliás, exclusivamente pertenceria a almas de eleição, encarnadas em missão e não em expiação. Mas como os Espíritos da mais elevada categoria refulgem de ofuscante brilho, pode dar-se que Espíritos menos elevados, encarnados ou desencarnados, maravilhados com o esplendor de que aqueles se mostram cercados, suponham estar vendo o próprio Deus.

Sob que forma se apresenta Deus aos que se tornaram dignos de vê-lo? Será sob uma forma qualquer? Sob uma figura humana ou como um foco resplendente de luz? A linguagem humana é impotente para dize-lo, porque não existe para nós nenhum ponto de comparação capaz de nos facultar uma ideia de tal coisa. Somos quais cegos de nascença a quem procurassem inutilmente fazer compreendessem o brilho do Sol. A nossa linguagem é limitada pelas nossas necessidades e pelo círculo de nossas idéias; a dos selvagens não poderia descrever as maravilhas da civilização; a dos povos mais civilizados é extremamente pobre para descrever os esplendores dos céus, a nossa muito restrita para compreender e a nossa vista, por muito fraca, ficaria deslumbrada."

Denizart Castaldeli
Outubro 2003
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett