Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
O Evangelho Segundo o Espiritismo  |  Servir a Deus e a Mamom   |  Capitulo XVI   |  01/08/2013
JESUS EM CASA DE ZAQUEU
“E tendo entrado em Jericó, atravessava Jesus a cidade. E vivia nela um homem chamado Zaqueu e era ele um dos principais entre os publicanos e pessoa rica. E procurava ver Jesus, para saber quem era, e não o podia conseguir, por causa da multidão, porque ele era pequeno de estatura.
E correndo adiante, subiu a um sicômoro para o ver, porque por ali havia de passar.
E quando Jesus chegou àquele lugar, levantando os olhos, ali o viu, e lhe disse : Zaqueu, desce depressa, porque importa que eu fique hoje em tua casa.
E desceu ele a toda pressa, e recebeu-o muito alegre. 
Vendo isso, todos murmuravam, dizendo que tinha ido hospedar-se em casa de um homem pecador.
Entretanto, Zaqueu, posto na presença do Senhor, disse-lhe: Senhor, eu estou para dar aos pobres metade dos meus bens, e naquilo em que eu tiver fraudado alguém, pagar-lho- ei quadruplicado.
Sobre o que Jesus lhe disse: Hoje entrou a salvação nesta casa, porque este também é filho de Abraão. Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o que tinha perecido”. ( Lucas, XIX: 1 a 10)

Publicanos eram assim chamados, na Roma antiga, os arrendatários da taxas públicas, encarregados da cobrança dos impostos e das rendas de toda espécie. 
Como corriam riscos no seu trabalho, as autoridades fechavam os olhos para seu enriquecimento, mesmo quando produto de cobranças e lucros escandalosos.
No tempo do domínio romano, o que muito incomodava os judeus era ter de pagar os impostos exigidos pela lei romana, a ponto de fazerem disso uma questão religiosa, porque era contrário à lei judaica.
Daí, a aversão aos que faziam a cobrança. Por isso, o espanto e as murmurações diante da atitude de Jesus, escolhendo hospedar-se na casa de um publicano.

Nessa passagem da vida de Jesus, vemos, uma vez mais, Jesus, agindo, coerentemente, com os princípios que ensinava, não se deixando levar, nem uma única vez , pelos preconceitos do mundo.

Entra em Jericó, uma multidão o espera, numa demonstração de carinho, de curiosidade em conhecer aquele de quem tantos falavam.

Ele não se deixou impressionar, escolhe para hospedar-se a casa de um homem mal visto, pelo seu trabalho, que infringia a lei judaica, um pecador.

É bem recebido, e logo no início, esse homem demonstra estar preparado para uma mudança total em sua vida, dispondo-se a distribuir aos pobres a metade dos seus bens e a ressarcir aos que porventura houvesse prejudicado.

É uma atitude corajosa de quem reconhece a necessidade de uma transformação em sua maneira de viver, pelo reconhecimento de novos valores e a vontade de viver de acordo com eles. Seus esforços em ver Jesus já eram indícios da atração que ele sentia pelo que ouvira falar dele.

Jesus, que percebera o que se passava no íntimo de Zaqueu, tendo, por isso, escolhido-o para seu hospedeiro, reconheceu a importância do momento. Por isso exclamou: “Hoje entrou a salvação nesta casa, porque este também é filho de Abraão. Porque o Filho do Homem veio buscar e salvar o que tinha perecido”.

Jesus, com sua atitude, demonstrou que todos os homens são filhos de Deus, mesmo aqueles que assim não se vêem, ou assim não são vistos, independentemente, do que são e do que fazem.

Todos merecem consideração e respeito. E estando todos fadados à perfeição e à felicidade, ninguém tem condição de saber, quando e em que momento, alguém pode querer iniciar sua transformação. Ninguém pode, pois, ser desprezado por seus feitos, porque em qualquer momento ele pode querer mudar.

Condenar o erro, não compactuar com ele, mas ver sempre no que erra um filho de Deus, em um processo de evolução, destinado, como todos à perfeição e à felicidade.

 “O filho do Homem veio buscar e salvar o que tinha perecido” e, assim também devem agir seus verdadeiros discípulos, não desprezando os que erram, porque, muitas vezes, eles se recuperam e progridem no bem, mais depressa do que aquele que já pensa ser um homem de bem, porque não mata e não rouba, permanecendo estacionário no grau evolutivo alcançado, causando males, não perdoando, omitindo-se no bem.

A salvação entrou na casa de Zaqueu quando ele demonstrou desapego aos bens terrenos, dispondo-se a usá-lo em beneficio dos pobres, na vontade de ressarcir a quem se julgasse prejudicado por ele, iniciando assim, a prática da caridade e da justiça, que é o amor ao próximo em desenvolvimento, em ação. Demonstrou não guardar rancor aos que lhe censuravam e aos que o desprezavam.

Os exemplos de Zaqueu e de Jesus chegaram até nós, para que reflitamos sobre quem somos e o que fazemos com a Boa Nova trazida por ele há mais de dois mil anos.
 
Bibliografia:
KARDEC, Allan - “O Evangelho Segundo o Espiritismo”

 O CENTRO ESPÍRITA BATUIRA esclarece que permanece divulgando os estudos elaborados pela Sra Leda de Almeida Rezende Ebner após o seu desencarne, com a devida AUTORIZAÇÃO da família e por ter recebido a DOAÇÃO DE DIREITOS AUTORIAIS, conforme registros em livros de Atas das reuniões de diretoria deste centro.
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett