Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
O Evangelho Segundo o Espiritismo  |  Que a mão esquerda não saiba o que faz a direita   |  Capitulo XIII   |  01/09/2011
A CARIDADE MORAL E A CARIDADE MATERIAL - A BENEFICÊNCIA - PARTE 2
A mensagem é de São Vicente de Paulo, dada em 1858, em Paris.

Nasceu São Vicente de Paulo na aldeia de Pooy, na Gasconha, no sul da França, em 24 de abril de 1581, filho de pais agricultores, católicos. Menino cuidava dos porcos e das ovelhas. 
Demonstrando inteligência e sentimento de religiosidade, seu pai, aconselhado por um vigário, que viu no menino um futuro promissor, enviou-o a um colégio de padres franciscanos, onde fez seus estudos básicos.
Foi ordenado sacerdote em setembro de 1600, continuando seus estudos, recebendo o título de doutor em Teologia.
Preocupou-se sempre com os pobres, com as crianças enjeitadas, os velhos e doentes, tendo criado diversas confrarias beneficentes, uma delas a Conferência da Caridade ou Damas da Caridade e a Congregação das Missões, para pregação aos camponeses. 
Auxiliar os necessitados, estimular a reunião de pessoas para essa prática, foi talvez, a característica maior da sua existência.

No retorno de uma viagem de navio, o barco foi atacado por piratas turcos e ele foi feito escravo, levado para Tunis, na Turquia. Passou por diversos donos, sendo o último um muçulmano, que fora católico, e desejando retornar à sua religião, por influência de Vicente, propôs a ele, fugirem para a França, o que fizeram. Após algum tempo, e em Avinhão, França, retornou à condição de padre e seu ex-dono voltou ao catolicismo. 

“Amar alguém, quer dizer querer-lhe o bem, Amemos a Deus, meus irmãos, amemos a Deus, mas que seja com a força de nossos braços, com o suor de nosso rosto e É preciso passar do amor afetivo ao amor efetivo, que é o serviço dos pobres assumido com alegria, constância e amor”, são frases atribuídas a ele, que evidenciam como ele entendia e vivenciava o amor a Deus e ao próximo.
Desencarnou em 27 de setembro de 1660, aos setenta e nove anos.

Nesta mensagem, conclama os espíritas a “amai-vos uns aos outros”, afirmando que “a alma não pode elevar-se às regiões espirituais senão pelo devotamento ao próximo; não encontra felicidade e consolação senão nos impulsos da caridade. Sede bons, amparai os vossos irmãos, extirpai a horrível chaga do egoísmo.” 

O espiritismo veio, na época certa do desenvolvimento intelectual da humanidade, auxiliar o seu desenvolvimento moral, demonstrando, por fatos e por argumentos racionais, a necessidade do desenvolvimento do amor ao próximo, através de sentimentos, pensamentos, palavras e ações, para a felicidade e paz dos homens e da humanidade.

O autor cita a alegria interior que os atos de amor, de caridade proporcionam ao homem, “Se buscásseis apenas o deleite de uma boa ação, estaríeis sempre no caminho do progresso espiritual”, afirmando ainda que na Terra não tem faltado esses exemplos, faltando sim,“a boa vontade, sempre rara” em buscar esse prazer onde se encontra.

Cita Jesus, que deixou bem claro, em palavras e em exemplos, tudo o que se refere a essas virtudes, considerando a causa dos males que afligem os homens, a falta de interesse às leituras evangélicas, “esse código admirável”, “essas páginas ardentes sobre a abnegação de Jesus” que devem ser estudadas, analisadas, transportadas para o cotidiano de hoje, aplicadas em todas as situações da vida.

Diz também que essas mensagens que os Espíritos vêem dando, com a permissão de Deus, através da mediunidade, têm por objetivo encorajar os espíritas, estimulando o seu empenho e suas virtudes na propagação da nova doutrina, no exemplo de amor ao próximo, porque, cita mais uma vez, “se quisésseis, bastaria a ajuda de Deus e da vossa vontade, pois as manifestações espíritas se produzem somente para os que têm os olhos fechados e os corações indóceis.”

Parece-me bem clara a idéia do autor, de que a pessoa, já convencida das verdades do espiritismo, dos seus princípios básicos, tem toda a condição de esforçar-se por vivenciar, no dia-a-dia, os ensinos de Jesus, de forma consciente e racional, sabendo porque, para que e como fazê-lo, com a ajuda de Deus, das Suas leis e do amparo dos Espíritos Protetores.

Para Vicente de Paulo, “A caridade é a virtude fundamental que deve sustentar o edifício das virtudes terrenas; sem ela, as outras não existiriam. Sem a caridade, nada de esperar uma sorte melhor, nenhum interesse moral que nos guie; sem a caridade, nada de fé, pois a fé não é mais do que um raio de luz pura, que faz brilhar uma alma caridosa.”

“A caridade é a âncora de salvação em todos os mundos: é a mais pura emanação do Criador; é a Sua própria virtude, que Ele transmite à criatura.”

Entendendo a caridade no sentido bem amplo que o espiritismo lhe dá, e lendo essas palavras, percebemos como Kardec se integrou no espírito da nova doutrina, quando colocou como seu lema *FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO, colocando-a acima da fé, que a inspira, que a ilumina, que a estimula, que a fortalece, mas que “sem ela, as outras não existiriam”.

No exercício da caridade, o homem vai desenvolvendo todas as outras virtudes vão se tornando mais sensível não só ao sofrimento alheio, mas ao bem em geral, à beleza, ao amor a Deus, a todos os seres vivos e a todos os homens.

Lembrando sua existência de dedicação aos pobres e sofredores, considera que suas obras são das que contribuem para o alívio dos necessitados, afirmando que muitos Espíritos pedem para reencarnar, continuando o que ele começara e “eu os vejo praticar a virtude que vos recomendo, com toda a alegria que essa existência de abnegação e sacrifícios proporciona. É uma grande felicidade, para mim, ver quanto se enobrece o seu caráter, quanto a sua missão é amada e docemente protegida.”

Conclama aos homens de bem a unirem-se na obra de propagação da caridade, pois, “não há alegria espiritual que ela não proporcione desde a vida presente. Permanecei unidos. Amai-vos uns aos outros, segundo os preceitos do Cristo. Assim seja.”

* A palavra lema significa, na lógica “Proposição preliminar cuja demonstração prévia é necessária para demonstrar a tese principal que se pretende estabelecer”.

Leda de Almeida Rezende Ebner
Setembro / 2011
 
Bibliografia:
KARDEC, Allan -“ O Evangelho Segundo o Espiritismo” 

 O CENTRO ESPÍRITA BATUIRA esclarece que permanece divulgando os estudos elaborados pela Sra Leda de Almeida Rezende Ebner após o seu desencarne, com a devida AUTORIZAÇÃO da família e por ter recebido a DOAÇÃO DE DIREITOS AUTORIAIS, conforme registros em livros de Atas das reuniões de diretoria deste centro.
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett