Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
O Evangelho Segundo o Espiritismo  |  Amar o Proximo como a Si mesmo   |  Capitulo XII   |  03/01/2011
ITEM 15 E 16 - O DUELO
A ultima mensagem sobre o tema, a quinta, está assinada Agostinho. Seria o Santo Agostinho de outras mensagens?!

Inicia, afirmando que “o homem do mundo, o homem feliz, que, por uma palavra ofensiva, um motivo fútil, joga a vida que Deus lhe deu e joga a vida do seu semelhante, que só pertence a Deus, esse é cem vezes mais culpado que o miserável que, levado pela cobiça, e à vezes pela necessidade, introduz-se numa casa para roubar e mata o que tenta impedi-lo.

Ele justifica, comparando o nível de conhecimentos, de condições sociais e morais de um e de outro, mostrando que o primeiro tem todas as condições para evitar chegar a esse ponto, enquanto o outro vive condições muito mais adversas e difíceis.

Por que então, indaga ele, a sociedade da época, ainda aceitando o duelo, não o considerava assassino, como ao “infeliz que cedendo a um sentimento de vingança, mata num momento de desespero.”

Afirma qual e o duelista (ver estudo 112) “não tem por desculpa o arrastamento da paixão, porque entre o insulto e a reparação sempre há tempo de refletir. Ele age, pois, fria e premeditadamente. Tudo é calculado e estudado, para matar com segurança o seu adversário.”

Hoje, a própria legislação faz distinção entre os assassinatos premeditados e os de momento.

O duelo, resto dos tempos de barbárie, quando a lei era o direito do mais forte, desaparecerá com uma apreciação mais sã do verdadeiro problema da honra, à medida que o homem adquirir uma fé mais ardente na vida futura.”

Allan Kardec escreveu no item 16, que já nos seu tempo, os duelos, já estavam se tornando mais raros.

Cita as precauções necessárias, nos tempos de outrora, ao se sair de casa, do uso do porte habitual de armas, afirmando que a abolição desse uso revela o abrandamento dos costumes, “e é curioso seguir a sua graduação desde a época em que os cavaleiros só saiam com armaduras de ferro e de lança em punho, até o simples uso da espada, que se tornou mais um ornamento...”

Cita também que os enfrentamentos pessoais aconteciam nas ruas, afastando-se os demais para dar lugar a eles, quando, no seu tempo, já esses combates se ocultavam. Também, não se dava atenção à morte de um homem, dessa maneira, como nos tempos modernos, provocando comoção.

Conclui com a frase “O Espiritismo extinguirá esses derradeiros vestígios da barbárie, ao inculcar nos homens o senso da caridade e da fraternidade.”

Para isso, é preciso que os espíritas divulguem essa doutrina, que veio auxiliar o desenvolvimento moral da humanidade, através dos recursos da mídia, de um bom trabalho nas sociedades espíritas, oferecendo estudos e práticas para todas as idades, mas, principalmente, através da vivência dos ensinos de Jesus, dando bons exemplos de espírita, que sabe quem é, de onde veio, o que aqui veio fazer, e para onde vai.

Ao espírita, muito será pedido, pelo muito que ele recebe, pela fé raciocinada que lhe mostra, sem dúvidas, além de tudo isso, a necessidade do perdão e do amor ao próximo.

Esse conhecimento, essa fé, levando-o a uma progressão moral, lhe dá também a responsabilidade de agir segundo ela, não podendo mais alegar ignorância das leis divinas.

             * - Ver estudo nº 112

Leda de Almeida Rezende Ebner
Janeiro / 2011
 
Bibliografia:
KARDEC, Allan -“ O Evangelho Segundo o Espiritismo” 

 O CENTRO ESPÍRITA BATUIRA esclarece que permanece divulgando os estudos elaborados pela Sra Leda de Almeida Rezende Ebner após o seu desencarne, com a devida AUTORIZAÇÃO da família e por ter recebido a DOAÇÃO DE DIREITOS AUTORIAIS, conforme registros em livros de Atas das reuniões de diretoria deste centro.
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett