Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
O Livro dos Espíritos  |  Capítulo IV     |  02/09/2013
A INTELIGÊNCIA E INSTINTO – QUESTÕES 71 A 75 - PARTE IV
Capítulo IV – III – Inteligência e Instinto – Questões 71 a 75ª

Capítulo I Deus                                          Q. 1 a 16
Capítulo II Elementos Gerais do Universo Q. 17 a 36
Capítulo III Criação                                          Q. 37 a 59
Capítulo IV Princípio Vital                            Q. 60 a 75a
 
I Seres Orgânicos e Inorgânicos              Q. 60 a 67a
II A Vida e a Morte                                          Q. 68 s 70
III Inteligencia e Instinto                            Q. 71 a 75a

A beleza e a sutileza do encadear de “providências” falam de uma mente simples na visão geral de um complexo processo evolutivo que nos leva, por não antever esse todo, a perguntar:

Por que o princípio inteligente precisou passar por todo esse caminhar?

Justamente para que através dessas tramas sucessivas fixassem em seu invólucro as leis que mecânica, “inconscientemente” regem a vida, para entregar-se mais tarde, aos trabalhos de aperfeiçoamento intelectual e moral que o elevarão às condições superiores.
             
Deduz-se que, por mais impiedosa que a vida possa parecer, é o único meio natural, lógico, para despertar, “forçar” a alma primitiva ou infantil a manifestar suas qualidades latentes, assim como a dor de modo geral é ainda indispensável ao progresso do Espírito. 
             
A menos que optemos por enxergar a alma como efeito de um “milagre”, forçoso se torna reconhecer o magnífico encadeamento das leis que regem a evolução, a passagem progressiva de um estado para outro; o desenvolvimento ou transformação de ideias, sistemas e conjuntos.

             Hoje: existe o instinto no homem? Se existe, é-lhe necessário?

Existe sim e à medida que o homem acumula experiências, deveria cada vez mais dominá-lo, não no sentido de anulá-lo, mas no de dirigi-lo, educá-lo, dar-lhe direção, chegando até a sublimá-lo.
             
Recorde-se que através dos instintos básicos – nutrição – defesa / conservação e reprodução, é que fica assegurada a continuidade da vida. Decorre disso a necessidade e importância de orientar esses instintos e agir neles ou sobre eles de forma consciente, cada vez com menos reações imediatistas do impulso urgente das satisfações e sim, mais racionalizado, educado pela influência orientadora da vontade consciente, dona de si e desperta para os fins maiores da vida.
             
Frize-se: instinto é característica do princípio inteligente, isto é, - não é atributo da matéria. Falta-lhe a característica principal do ser inteligente que é ser deliberado, muito embora revele uma causa apta a, de algum modo, “prevenir” isto ou aquilo.
             
O que não podemos é pensar que o instinto é alguma coisa que evoluiria, passaria por transformações que lhe daria inteligência livre.
             
Inteligência e instinto se encontram juntos no ser, hoje, no homem, digamos assim, e quase sempre ou muitas vezes se associam em um mesmo ato. Como exemplo, podemos refletir sobre a simples atividade do andar: o movimento das pernas tanto no homem como no animal, maquinalmente, sem que se precise pensar no ato em si, um pé vai adiante do outro; se, por ventura, acelerar o passo, retardá-lo, levantar mais este ou aquele pé, desviar-se de um obstáculo; dirigir-se para um lado ou outro – intervirá uma vontade livre; deliberação, cálculo e objetivo.
             
O instinto leva o animal carnívoro a procurar carne para se alimentar, e podemos apreciá-lo a agir com “inteligência” e mesmo “astúcia”, ao “tomar medidas” para assegurar a presa, variáveis estas conforme as espécies.
             
Inteligência e instinto são manifestações de um mesmo princípio espiritual e, portanto, inteligente: um está ligado à vontade e à liberdade do indivíduo; o outro está “impresso”; escapa à vontade e à liberdade.

Leda Marques Bighetti
Setembro / 2013
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett