Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
O Livro dos Espíritos  |  Capítulo IV     |  01/05/2013
A VIDA E A MORTE – QUESTÕES 68 A 70 - PARTE III
Capítulo IV – II - A Vida e a Morte – Questões 68 a 70

Capítulo I Deus                                          Q. 1 a 16
Capítulo II Elementos Gerais do Universo Q. 17 a 36
Capítulo III Criação                                          Q. 37 a 59
Capítulo IV Princípio Vital                            Q. 60 a 75a
 
I Seres Orgânicos e Inorgânicos              Q. 60 a 67a
II A Vida e a Morte                                          Q. 68 s 70
III Inteligencia e Instinto                                       Q. 71 a 75a

Após essas reflexões, entendemos a questão 69 em que Allan Kardec pergunta aos Espíritos:

-”Por que uma lesão do coração, mais que a dos outros órgãos, causa a morte”?
-“O coração é uma máquina de vida. Mas não é ele o único órgão em que uma lesão causa a morte; ele não é mais do que uma das engrenagens especiais.”
             
Foi citado o coração em uma época quando talvez não se tivesse clara e precisa a sinergia, isto é, o trabalho, a atividade simultânea e coordenada dos vários órgãos na realização das funções fisiológicas, contribuindo cada qual para o objetivo comum – a manutenção e funcionamento da vida nos prodígios do corpo humano.
             
O cérebro com seus bilhões de células, o sistema nervoso com os gânglios como verdadeiros receptores em circuitos especializados com os neurônios sensitivos, motores e intermediários, os complexos auditivos e oculares, o centro da fala, o aparelho digestivo, o tubo intestinal, fígado, pâncreas, sistema sanguíneo, pulmões e rins, epiderme, órgãos genésicos, sistema endócrino e o “motor” do coração, constituem um todo único.
             
Nesse delicado e complexo aparelhamento, qualquer órgão que entrasse em disfunção alteraria, de forma mais ou menos intensa, o equilíbrio desse todo, e que, num momento máximo de alterações, sem dúvida paralisaria as funções do “motor” que, de certa forma impedido de exercer suas funções, caminharia para a paralisação de suas atividades subsidiadoras, se assim podemos dizer, da manutenção ideal do todo.
             
A organização física é de extrema delicadeza e riqueza, com inúmeras expansões na multiplicidade de fenômenos que encerra.
             
Rompido esse equilíbrio, por esta ou aquela causa, doença ou desgaste físico natural, avança-se para a morte física em que cada qual morrerá a seu próprio modo, diante de posições determinísticas ou de livre arbítrio que as leis cármicas regulam.
             
Na vida ou durante a vida, os órgãos estão, por assim dizer, impregnados do fluido vital que dá a todas as partes do organismo uma atividade que lhes permite, comunicando-se entre si na coordenação dos sistemas, restabelecer, em caso de certas lesões, funções momentaneamente suspensas.
             
Quando, porém, os elementos essenciais do funcionamento deste ou daquele órgão são profundamente alterados ou destruídos, o fluido vital não pode transmitir-lhes o movimento da vida. Estabelece-se, poderíamos dizer, uma reação em cadeia, culminando com a parada do coração – o ser morre. (Atentar que hoje, não mais basta a cessação dos batimentos cardíacos para atestar a morte clínica)
             
“O Livro dos Espíritos” apresenta feliz imagem comparativa em relação ao colocado. Diz ele:

(...) “Um aparelho elétrico recebe a eletricidade e a conserva em estado potencial, como todos os corpos da Natureza.
Os fenômenos elétricos, contudo, não se manifestam, enquanto o fluido não for posto em movimento por uma causa especial, e, só então, se poderá dizer que o aparelho está ativo.
Cessando a causa da atividade, o fenômeno cessa e o aparelho volta ao estado de inércia.
Os corpos orgânicos seriam, assim, como pilhas de aparelhos elétricos, nos quais a atividade do fluido produz o fenômeno da vida: a cessação dessa atividade ocasiona a morte”.
Resumindo:

Os órgãos reagem mais ou menos uns sobre os outros e da harmonia existente no conjunto, resulta a reciprocidade da ação.
Quando uma causa qualquer altera, desequilibra ou destrói essa harmonia, nas mesmas proporções, as funções se alteram ou cessam.
Em abordagens específicas que o estudo aprofundará em outros capítulos, apenas lembrar sobre o fluido vital que:

- a quantidade dele não é a mesma em todos os seres orgânicos, variando segundo as espécies;
- ele não é constante em um mesmo indivíduo, nem nos vários indivíduos de uma mesma espécie;
- haverá os indivíduos que, diríamos, estão saturados de fluido vital, enquanto, outros o possuem apenas em quantidade suficiente, sendo aqueles ativos, mais energéticos.
- a quantidade de fluido vital se esgota, podendo tornar-se incapaz de entreter a vida se não for renovado pela absorção e assimilação das substâncias que o contêm.
- pode ser transmitido de uma pessoa a outra.

Em tese: no corpo humano, na benção da vida física, vemos, temos ou podemos apreciar uma das maravilhas da Criação Divina.

Leda Marques Bighetti
Maio / 2013
 
Bibliografia:
- “A Gênese” – cap. X e XI: - “Deus na natureza” – Camille Flammarion II; 
- “Revista Espírita” ano 1866 pag. 67-71 a 77; 1861 – pag. 45 e 1868 pag. 166 – 1859 pag. 80; 
- “Evolução em Dois Mundos” cap 1; 
- “Mecanismos da Mediunidade” cap III, ambos de André Luiz - “O Livro dos Médiuns” itens 75-77 e 98. 
Também no livro Educação Mediúnica – Teoria e Prática – Vol. 1 - Ribeirão Preto: BELE, 2005 de Leda Marques Bighetti


 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett