Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
O Livro dos Espíritos  |  Capítulo III - Criação     |  01/06/2011
PLURALIDADE DOS MUNDOS (QUESTÃO 55 A 58) - CONCLUSÃO - 1
             Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da Humanidade (Segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec)

Livro Primeiro: As Causas Primárias
 
Cap. III - Criação

V - Pluralidade dos Mundos (q. 55 a 58)

             - Conclusão (1)

             As “diversas moradas na casa do Pai” ou “Pluralidade dos Mundos” podem ser entendidas sob três enfoques:

             1 - os mundos que formam o Universo, nos quais, tantas humanidades realizam a marcha evolutiva.
             2- as diversas zonas espirituais superiores e inferiores, além das fronteiras físicas, com a vida palpitante, na mesma intensidade das metrópoles humanas.
             3 - os vários departamentos da mente, onde se demoram pensamentos e reações, dramas, tragédias, anseios e realidades do Espírito.

             Estudando o item primeiro – os mundos que formam o Universo – vamos fazê-lo tentando notar se a razão nos convence desta proposta.

             Pensemos, por exemplo: o que é o espaço?
             - é o lugar, o meio onde se movem os mundos e, é infinito, isto é, nada se lhe opõe barreira, limite, fim. É tão grande, tão imensurável que se duzentos, trezentos milhões de séculos pudessem ser percorridos com a velocidade do relâmpago, ensina “A Gênese” que nenhum passo teríamos avançado tal a imensidão desse infinito que foge à nossa capacidade de interpretação.
              
Nesse espaço infinito, há um tempo “que é apenas medida relativa da sucessão das coisas transitórias”, uma vez que a eternidade não é suscetível de medida do ponto de vista de duração. Para ela, portanto, não há começo, meio ou fim: tudo lhe é presente.
             
Nesse espaço infinito e eternidade do tempo - há a matéria - apresentando-se aos nossos olhos de forma variada, essencialmente distinta, diferenciada, diversa e que, no entanto, são apenas variações, nas quais essa matéria única se transforma sob a direção das forças, leis e combinações inumeráveis que a governam.
             
A Ciência aceita esse princípio uno, e quanto mais se aprofunda, pesquisa e estuda, mais descobre, mais põe-se a par com princípios e leis, que, esclarecendo e orientando, mostram que cada novo corpo, cada nova forma de matéria, acontece sob essa associação de princípios afins, que combinando-se, dão, sucessivamente, origem a novos corpos; diversificam-se, repartem-se em corpos solidários entre si, têm vida, até que um dia, se desmembram pelo efeito da decomposição.
             
Um número ilimitado de forças presidem essa transformação. As várias condições dão chance a que novas combinações se formem, podendo ser ilimitadas, tanto na matéria fluidificada imponderável (gases) ou a matéria propriamente dita. Toda ela tem uma fonte primitiva – o cosmo ou a matéria cósmica geradora dos mundos e seres, e que trás inerente a si, forças e leis imutáveis.
             
Na Terra, essas leis recebem o nome de gravitação, coesão, magnetismo, afinidade, atração etc. Os movimentos, as forças como luz, eletricidade, som, fogo, calor etc., e que em outros mundos poderão apresentar características por nós desconhecidas, sendo em outros pontos do espaço tão desenvolvidas, que, diante delas, nosso entendimento, seria comparável a de um peixe no fundo do oceano em relação aos fenômenos terrestres.
             
Assim como vimos que há o espaço infinito, a eternidade do tempo, essa substância simples, primitiva, geradora de todos os corpos, por mais diferentes que sejam todos dependem de uma lei universal, diversificada em seus efeitos e que pelos desígnios eternos, impõem à criação harmonia e estabilidade.
            
Dessa forma, jamais a Natureza será encontrada em oposição a si mesma. Há nela a “unidade – variedade” em todos os mundos, unidade de criação e variação infinita, sob uma lei de continuidade que não sofre interrupções, de tal forma que um mundo é solidário a outro; um prossegue onde o anterior para; o outro continua aprimorando o que lhe vem atrás, acontecendo, assim, a eterna sucessão dos mundos.

Sintetiza-se:

H
A
R
M
O
N
I
A

Eternidade -essencialmente una, imóvel, permanente, 
não suscetível de qualquer medida, sem começo, meio ou fim.
Tempo -medida das coisas transitórias.                 UNI
                  +
             VARIEDADE
Matéria -substância primitiva- única, que envolve o
Planeta como o ar nos envolve e conforme
as forças, condições e combinações (ilimitadas)
dão origem a toda matéria inorgânica
e orgânica (princípio vital).
E
S
T
A                   =
B
I              UNIVERSO
L
I
D
A
D
E


Tais reflexões facilitam perceber como é possível ao Universo sempre existir e também para sempre; que Deus criou sempre, desde toda essa eternidade. Se conseguirmos com a imaginação retroceder em busca dessa eternidade, além dos limites estudados, ainda haverá mais e mais, não nos sendo possível detalhar, penetrar, a grandiosidade da ação divina, a perpetuidade do ser absoluto.

 Leda Marques Bighetti
Junho / 2011
 
Bibliografia:
- O Evangelho Segundo o Espiritismo / Allan Kardec - Cap. III e a Gênese cap. VI. / Allan Kardec
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett