Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
O Livro dos Espíritos  |  Capítulo III - Criação     |  01/12/2009
POVOAMENTO DA TERRA - ADÃO - (QUESTÃO 51) - PARTE VI
 Contendo os princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a vida futura e o porvir da Humanidade (Segundo o ensinamento dos Espíritos superiores, através de diversos médiuns, recebidos e ordenados por Allan Kardec)

Livro Primeiro: As Causas Primárias
 
Cap III - Criação

III - Povoamento da Terra - Adão (questão 51 continuação) 

O fato de Caim ser pastor e Abel lavrador demonstram que Adão e Eva viviam numa civilização constituída. Se havia profissões, divisões de trabalho, especialização da produção e até mesmo cidades, é evidente que o mundo não estava começando.
             
A raça adâmica, era uma nova raça que surgia na              Terra proveniente de migrações espirituais.
             
Sua missão era ajudar o desenvolvimento do planeta.
             
Não é necessário, portanto, sair do cap IV do Gênesis para ver que Adão e Eva não iniciaram a raça humana, mas como qualquer casal, apenas a própria descendência, num mundo já povoado.
             
No cap. XI de “A Gênesis”, Allan Kardec explica que raça adâmica foi uma das últimas a surgir na Terra.
            
 “(...) O Gênesis no-la mostra, desde o seu início industriosa, apta para as artes e as ciências, sem haver passado pela infância intelectual, o que não é próprio das raças primitivas, mas concorda a opinião de que ela se compunha de espíritos já avançados”.
            
 A raça adâmica, portanto, não surge na terra, mas de forma natural, por descendência biológica de outra raças mais aperfeiçoadas.
             
Os casamentos referidos no cap. IV – 17:26 e V – 1 : 32 não podem ser explicados sem a existência de outros povos na Terra.
             
Como se multiplicou a raça adâmica na Terra?
             
O cap. VI do Gênesis 1 a 7 confirma que Adão e Eva não eram os primeiros sobre a Terra quando faz distinção entre os filhos de Deus e os filhos dos homens. No versículo 4 faz constar: “(...) Ora, naquele tempo havia gigantes na Terra e também depois, quando os filhos de Deus possuíram os filhos dos homens, as quais lhe deram filhos; estes foram valentes varões de renome na Antiguidade”.
             
Pela descrição, os habitantes da Terra são mostrados como gigantes, ou seja, descendentes dos homens primitivos que já estavam aqui muito antes da chegada da raça adâmica.
             
Por que a Bíblia os chama de gigantes? 
             
Pesquisas científicas demonstram que os homens primitivos eram enormes e muitas raças conservam ainda proporções gigantescas.
             
Sob esses raciocínios, a raça adâmica não se constitui como gênero humano, mas apenas contribui para o desenvolvimento.
            
 A Gênese cap. XI – 40 ensina que “(...) a raça adâmica veio impulsionar o progresso. E todo progresso acarreta a superação de costumes e tradições; substituição de valores antigos por novos, mudanças profundas nas relações humanas, com fases intermediárias de aparente anarquia que são sempre consideradas como corrupção de costumes”.
             
Entende-se, por decorrência, o dogma bíblico da corrupção dos costumes que, provocando a ira divina, castiga com o dilúvio.
             
Reflita-se que, muitos ainda hoje, atribuem às catástrofes geológicas, um castigo divino pela dissolução dos costumes.
             
Após essas reflexões, podemos entrar no item IV – Diversidades das Raças, tema do nosso próximo mês. 
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett