Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
O Livro dos Espíritos  |  Capítulo III - Criação     |  01/04/2009
FORMAÇÃO DOS SERES VIVOS - (QUESTÕES DE 43 A 49) - PARTE VIII
Livro Primeiro: As Causas Primárias
 
Cap. III - Criação

II - Formação dos Seres Vivos (questões de 43 a 49)

49 — Se o germe da espécie humana estava entre os elementos orgânicos do globo, porque os homens não mais se formam espontaneamente, como em sua origem?

— O princípio das coisas permanece nos segredos de Deus; mas, podemos dizer que os homens, uma vez dispersos sobre a Terra, absorveram em si mesmos os elementos necessários à sua formação, para transmiti-los segundo as leis de reprodução. O mesmo aconteceu com as demais espécies de seres vivos.
             
Ao final desse item II do capítulo terceiro, a resposta acima se esclarece. Se a Terra em seus cinco bilhões de anos, gastou três bilhões na elaboração das formas; se a busca do princípio organizador é evolutiva, se o homem não está acabado, sendo o contínuo vir-a-ser, entende-se, ser sua estrutura de complexidade e não primária como num longínquo tempo de passado.
             
A formação das espécies e sua finalidade denotam a mais alta inteligência e não um simples jogo atômico-químico na intimidade do núcleo celular, ao lado dos fatores externos do meio.
             
Existem princípios, leis de maior profundidade e que escapam às pesquisas. Pelo superficial que foram nossos estudos, depreende-se uma necessidade lógica de uma energia existente no ser vivo e responsável pelas expressões da forma.
             
Esse princípio dinâmico em sua intimidade constitui e orienta a matéria. Baseado nisso, o Espírito na fase humana se apresenta como o resultado de um longo caminhar no qual foram fixadas todas as experiências vividas pelo Princípio Inteligente.
             
Tudo fala que a origem do homem só apareceu no período quaternário, na fase dos pleistoceno quando então já estavam fixadas as características permanentes que definem o reino mineral, vegetal e animal.

Há, na escala abaixo demonstração de como a criação não retrograda, sendo sim evolutiva.
Lêmure (animais metazoários, vertebrados, mamíferos, primatas, focinho pontudo, alongado, pelagem densa e sedosa; o segundo dedo externo curto provido de garra e os demais com unha; a cauda é longa e nunca preênsil).

Tarsius (aparecimento da visão estereoscópica)

Platirríneos

Catarríneos

Antropóides - um ramo se estabilizou e o outro evoluiu nos hominídeos.

Homem - símio sul da África

Pithecanthropus erectus (Java)

Sinanthrophus pekinenses (Pequim)

Homem de Neanderthal
Homem Cro-Magnon
Homem moderno

Sob essa escala a família dos primatas encontrará no Lêmure seu mais antigo representante; há estudiosos que partem dos catarríneos. Encontrados nas florestas de Madagascar, tendo vida quase que exclusivamente noturna, utilizavam os quatro membros e não tinham a agilidade dos macacos.
             
Sua mais próxima evolução, o gibão é o mais antigo dos antropóides. De pequena estatura, um metro no máximo, é mais ágil que o anterior, possuindo compridos braços que lhe possibilitam os saltos nas árvores. O crânio é mais arredondado e apresenta atitudes, decisões, reflexos já de certa acuidade mental.
             
O chimpanzé, e o gorila, em posição mais aprimorada, apresenta modificações significativas no esqueleto e nos hábitos: desce das árvores para o chão, caminha, sua alimentação é mista e de alguma forma utiliza objetos.
             
As transformações acontecidas, é bem possível, se percam em torno de cinqüenta milhões de anos, quando as formas proto-humanas conseguiram apoiar-se nos dois pés (atitude bípede) apresentando ainda a cabeça bem próxima da dos primatas.
             
Há cinco milhões de anos as características já teriam condições mais humanas, embora com membros inferiores curtos e braços alongados.
             
Os impactos do meio ambiente, frio, calor, glaciações etc. e os diversos cruzamentos entre os grupos facilitaram não só modificações no aspecto externo, como novas formas e mais amplas condições psicológicas.
             
Com as pesquisas antropológicas, muitos pontos foram esclarecidos, embora a complexidade dos achados dificultasse as interpretações sobre a origem do homem. Esses achados e seus respectivos estudos dividem essa apreciação em três fases: primitiva, paleolítica e neolítica, com detalhes a serem estudados no próximo mês.

Leda Marques Bighetti
Abril / 2009
 
Bibliografia:
Andréa, Jorge – Impulsos Criativos da Evolução – Editora Arte e Cultura – Niterói – RJ – 2ª ed. 1989 – cap I II
 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett