Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
 
Estudos Imprimir Indique voltar
O Evangelho Segundo o Espiritismo  |  Sede Perfeitos   |  Capitulo XVII   |  11/10/2014
SEDE PERFEITOS - ITENS 5 E 6: PARÁBOLA DO SEMEADOR
162 – O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO – ALLAN KARDEC
CAPÍTULO XVII: SEDE PERFEITOS - ITENS 5 E 6:  PARÁBOLA  DO  SEMEADOR

  “Naquele dia, saindo Jesus de casa, assentou-se à borda do mar. E vieram muitas pessoas, de tal sorte que, entrando em uma barca, se assentou; e toda a gente estava em pé na ribeira. E lhes falou muitas coisas por parábolas, dizendo: Eis aí que saiu o que semeia a semear. E quando semeava, uma parte das sementes caiu junto da estrada, e vieram as aves do céu e comeram-na. Outra, porém, caiu em pedregulho, onde não havia muita terra, e logo nasceu, porque não tinha altura de terra. Mas saindo o sol a queimou, e porque não tinha raiz, secou. Outra, igualmente, caiu sobre os espinhos, que cresceram e a afogaram. Outra, enfim, caiu em boa terra, e dava fruto, havendo grãos que rendiam a cento por um, outros a sessenta, outros a trinta. O que tem ouvidos de ouvir, ouça.” ( Mateus, XIII: 1 a 9 )
“Ouvi, pois, vós outros, a parábola do semeador. Todo aquele que ouve a palavra do Reino e não a entende, vem o mal e arrebata o que se semeou no seu coração; este é o que recebeu a semente junto da estrada. Mas o que recebeu a semente no pedregulho, este é o que ouve a palavra, e logo a recebe com gosto; porém, ele não tem em si raiz, antes é de pouca duração, e quando lhe sobrevêm tribulação e perseguição por amor da palavra, logo se escandaliza. E o que recebeu a semente entre espinhos, este é o que ouve a palavra, porém os cuidados deste mundo e o engano das riquezas sufocam a palavra, e fica infrutuosa. E o que recebeu a semente em boa terra, este é o que ouve a palavra e a entende, e dá fruto, e assim um dá cento, e outro sessenta, e outro trinta por um.” (Mateus, XIII: 18-23)

Jesus, na sua missão de revelar as leis divinas à humanidade, a fim de auxiliá-la, no seu progresso material e espiritual, sendo O PROFESSOR POR EXCELÊNCIA, usou muito do recurso didático da parábola, que é a “narrativa alegórica que transmite uma mensagem indireta, por meio de comparação ou analogia” (1), por dois motivos importantes. O primeiro, para melhor esclarecer seus ensinos e o segundo a fim de que as pessoas que não tinham ainda a maturidade espiritual para compreendê-los, guardando as pequenas histórias em suas mentes, pudessem, mais tarde, não importa quando, refletir sobre elas.
“A parábola do semeador é a parábola das parábolas: sintetiza os caracteres predominantes em todas as almas...” (2), facilitando aos cristãos o conhecer-se a si próprios, colocando-se no item adequado à sua condição espiritual, na classificação feita por Jesus.
Pela explicação do Mestre, pode-se saber se, após conhecer a sua mensagem, continua o homem à beira do caminho, rejeitando a semente divina; ou se permanece nas pedras da sua imperfeição, que impedem o acionamento da boa vontade; ou se permanece nos espinhos do orgulho, do egoísmo, da vaidade e da ambição, abafando a semente divina; ou se abre sua mente e seu coração, dilatando a boa vontade em permanecer no caminho da Boa Nova, que já não é tão nova, compreendendo, finalmente, porque Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida e ninguém vai ao Pai senão por mim”, ou seja, pela vivência dos seus ensinos, pelos frutos produzidos por quem os compreendem, os aceitam, e esforçam-se por viver de acordo com eles.
Allan Kardec, no seu comentário, faz uma comparação entre essa parábola e os espíritas, nas suas diferentes categorias, que vimos no estudo anterior. 
A semente caída na beira da estrada é o símbolo dos espíritas que se apegam aos fenômenos materiais, apenas como objetos de curiosidade, sem lhes perceber as consequências intelectuais e morais.
A caída nos pedregulhos simboliza os espíritas que se entusiasmam com as comunicações, satisfazendo sua imaginação, mas, após ouvi-las, continuam indiferentes como antes.
A caída nos espinhos representa os espíritas que acham os conselhos via mediunidade, os ensinos espíritas, muito bons para aplicá-los aos outros.  “Meu marido deveria estar aqui, ouvindo esses conselhos.”, não os julgando necessários para si próprios.
A semente lançada em terra boa simboliza os espíritas que, ao conhecerem a doutrina, seja por qual meio for, percebem a sua importância na revivescência do verdadeiro cristianismo, e se empenham no seu estudo perseverante ao mesmo tempo que se interessam por praticá-la, em si, no seu lar, no seu trabalho, na casa espírita, em qualquer lugar em que estejam. 
Esses poderão produzir, no decorrer de sua existência, com a semente recebida, trinta ou mais por cento, como disse Jesus.

Bibliografia
1 - Dicionário Houaiss
2 - Schutel, Cairbar - Parábolas e Ensinos de Jesus, ed. O Clarim 10 ed. 1976, pag. 1

              Leda de Almeida Rezende Ebner
 
Bibliografia:
O CENTRO ESPÍRITA BATUIRA esclarece que permanece divulgando os estudos elaborados pela Sra Leda de Almeida Rezende Ebner após o seu desencarne, com a devida AUTORIZAÇÃO da família e por ter recebido a DOAÇÃO DE DIREITOS AUTORAIS, conforme registros em livros de Atas das reuniões de diretoria deste Centro.

 
ENVIE SEU COMENTÁRIO
ADICIONAR AOS FAVORITOS
 
Documento sem título
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett