Untitled Document
 
Olá! CONECTE-SE AO CEBATUIRA ou CADASTRE-SE!
Untitled Document
Sua cesta está vazia
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério

Centro Espírita Batuíra Favoritos Centro Espírita Batuíra FACEBBOK
 Home   Centro Espírita   Loja Virtual   BELE   Estudos   Efemérides   Mensagens   Onde Estamos   Contato 
Efemérides Espíritas
voltar Imprimir
Dia da Caridade
Data: 19/07/1966

    Nos textos em estudo nas várias matérias, principalmente as evangélicas é comum encontrarmos a palavra Amor e mais dificilmente o termo Caridade.

     Nos textos bíblicos antigos, inclusive na “Chave Bíblica”, índice para quase sete mil verbetes, a palavra Caridade não é encontrada.

     No Velho Testamento também não, e em algumas versões do Novo, nas três traduções consideradas fidedignas, ocorre com ênfase só uma vez. Nas demais, é substituída por Amor.

      Por quê? Ambas não querem dizer a mesma coisa?

     Pesquisadores e estudiosos procurando possíveis explicações concluíram que o fato se detém em divergência teológica entre católicos e protestantes em relação à questão “salvação”. Para os primeiros, o importante para alcançá-la são as obras. Para os segundos, basta a fé, detalhe em que a palavra Amor acomodava as divergências.

     Havia ainda, a dificuldade de associação de algumas palavras que não têm no idioma para o qual se quer traduzir, o significado exato.

     Em virtude desses detalhes, optou-se pela sistematização, definindo a palavra Amor, para significação geral e também por ser mais fácil e de maior apelo emocional. Afirma-se que ela é mais elegante, deixa o texto mais poético, uma vez que Amor, conhecemos, mexe com as pessoas.

      Percebe-se que Caridade e Amor têm significados diferentes. Amor é sentimento. É faculdade de perceber, apreciar; disposição afetiva por isto ou aquilo. É o sentir forte que leva, a desejar, obter ou conservar pessoas, coisas, objetos pelos quais se sente apego, afeição. Brota espontaneamente. É uma espécie de automatismo, por exemplo: sentimos indignação frente a uma cena cruel; pena, se surpreendemos alguém em sofrimento, enfim, sentimentos que se apoderam do ser sem que os desejemos. Podemos intimamente, controlar, não demonstrar sua ação, porém, o sentimento permanece no ser.

     Depois dessas reflexões, como entender Caridade?

     Sem nenhuma afirmação religiosa vamos nos deter na definição do dicionário quando escreve: “Caridade ética”.

     Mas o que é ética?

     Derivando da Filosofia, é uma Ciência que investiga os princípios que orientam o ser humano dirigido pela razão, isto é, por raciocínio mental sadio, digno; princípios universalmente válidos que fundamentam o agir construtivo do indivíduo consigo, na sociedade em que se insere, com a Humanidade em geral inclusive seres os seres orgânicos e inorgânicos. Determina valores e preceitos que devem nortear a conduta humana em qualquer tempo e lugar.

     Prossegue o Dicionário:

     “Caridade é amor que move a vontade à busca efetiva do bem de outrem. É benevolência, complacência, compaixão.”

     Vemos que os conceitos de Amor e Caridade se distinguem:

      Amor é sentimento exacerbado, paixão muitas vezes contraria à razão. Vemo-lo muitas vezes esgotar-se, desgastar-se, ser substituído. Bastando a si próprio não desencadeia ações caritativas – espera sim – reciprocidade nas respostas.

     De modo geral, no atual estágio evolutivo, o amor para evidenciar-se ativo precisa de incentivos como, por exemplo calamidades, em que inúmeros se mobilizam para ajudar. Precisa-se de impacto externo para que se desenvolva ação. Tem grande valor, representa uma escala, um caminho para um dia alçar-se à Caridade, real, pura desinteressada quando então pressuporá virtude conseguida através da conscientização das diferenças.

      Caridade é ação. Mobilizada pela vontade, desperta o sentimento do Amor que leva a que se faça algo em benefício de alguém. É ação que busca de forma efetiva o bem do outro. É boa disposição de ânimo para com todas as criaturas.

     Esse amor – caridade encontramos em João 3:16 em que consta que Deus amou o mundo de tal maneira que deu a ele o seu filho.

     Encontramos em Jesus na passagem de Mt. 25 – 35:40 em que Jesus dizendo que teve fome, sede, esteve nu, enfermo, preso e teve quem cuidasse Dele, os justos perguntam em que momento fizeram isso. Recebem a resposta:

     “Em verdade vos afirmo que sempre que o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes”.

     A prática desse amor através da ação é antítese do amor como comumente é entendido, também da fé contemplativa, sendo o sentido da Caridade o diferenciador da mensagem cristã.

     O traço, portanto, que define o Cristianismo é essa ênfase à dimensão ativa do amor.

     Após Jesus, encontramos Paulo conclamando a que o amor deve refletir-se ao dar-se no dar. Pedro recomenda (1º Ep. 4; 7:12) a caridade ardente oferecendo aos outros o que se tiver de melhor.

     Na Doutrina Espírita essa diferença de interpretação é encontrada em René Descartes que em 1649 publica “As Paixões da Alma”, matéria que encontramos desenvolvida no cap. XII de “O Livro dos Espíritos” – “Perfeição Moral” no qual se reflete que o amor é uma experiência passiva que se contrapõe a ações, uma vez que esta pressupõe ação da vontade, reforçando o que estudamos.

     A Doutrina Espírita impulsiona o Espírito imortal à doação de si ao bem daqueles todos próximos ou distantes que por seu intermédio possam ser beneficiados. O diferencial é que Caridade não é mais ensinamento moral, mas, dever ético que não se resume em auxílio material e que se resume na questão 886 de “O Livro dos Espíritos” quando Allan Kardec pergunta:

     - Qual o verdadeiro sentido da palavra Caridade? Como a entendia Jesus?

     - O amor e a Caridade são complemento da Lei de Justiça porque amar o próximo é fazer-lhe todo o bem possível que desejaríamos nos fosse feito. Tal é o sentido das palavras de Jesus “amai-vos uns aos outros como irmãos”.

     O ponto alto da Codificação e que menos alteração sofreu na segunda edição de “O Evangelho Segundo O Espiritismo” foi a propósito da máxima: “Fora da Caridade não há Salvação” decorrida do ensino dos Espíritos, recordando os ensinos de Jesus...

     “Essa máxima será verdadeira âncora de salvação”...

     “Que ela seja de agora em diante, a palavra de união entre todos os homens que sinceramente queiram o bem, sem nenhuma intenção pessoal.”

     “Só através da Caridade a paz será a base das relações sociais. Sois os pioneiros: deveis dar exemplo, a fim de encorajar os outros a vos seguirem”.

Leda Marques Bighetti – Julho/2017

 
 Efemérides Espíritas
Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro
Novembro
Dezembro
   
 
  Menu
  Estudos
 Estudos Obras Básicas
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Espíritos
ESTUDOS BATUIRA  O Livro dos Médiuns
ESTUDOS BATUIRA  O Evangelho Segundo o Espiritismo
ESTUDOS BATUIRA  O Céu e o Inferno
ESTUDOS BATUIRA  A Gênese
 Estudos sobre evangelização e mocidade
ESTUDOS BATUIRA  Evangelização Infantil
ESTUDOS BATUIRA  Mocidade Espírita Batuira
 Estudos temáticos
ESTUDOS BATUIRA  Estudo Evangélico
ESTUDOS BATUIRA  Ciência Rumo ao Espiritísmo
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Home
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Centro Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Loja Virtual
BATUIRA RIBEIRAO PRETO BELE
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Bazar
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mensagens
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Poesias
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Reflexões Espíritas
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Batuira em Coral
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Contato
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Onde estamos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Calendário C.E.B.
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Programação Especial
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Mapa do site
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Canal Batuira
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Galeria de Fotos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meu Cadastro
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus favoritos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Meus Pedidos
BATUIRA RIBEIRAO PRETO Minhas Participações
   
   
   
 
 
Receba nosso Newsletter
Receba nossas mensagens, calendário e estudos por e-mail
enviar
 
Rua Rodriges Alves, 588
Ribeirão Preto - S.P.
Cep: 14050-090 - Vila Tibério
  Centro Espirita Batuira Favoritos   Centro Espirita Batuira FACEBBOK
 Copyright 2014 | Centro Espírita Batuira- Todos os direitos reservados.          by vianett